sexta-feira, 29 de abril de 2011

Aprenda a lavar os cabelos para ter fios saudáveis e bonitos


Cuidados reduzem estragos e minimizam a ação dos vilões das madeixas

A lavagem dos cabelos interfere na saúde e na beleza dos fios. É por isso que seguir uma série de cuidados básicos na hora deste processo se torna uma tarefa extremamente importante. Prestar atenção nas etapas que se complementam, que engloba desde a escolha dos produtos adequados até a forma como você executa a higiene, nem é tão trabalhoso assim.

Acerte no xampu

Escolher o tipo de xampu mais adequados para seus cabelos certamente fará diferença no resultado final. O ideal é procurar ajuda de um dermatologista ou cabeleireiro para fazer o diagnóstico e não errar na opção.

Como lavar corretamente

Os cabelos acumulam grande parte da sujeira a qual somos expostos diariamente. A higienização, neste caso, é o primeiro passo para livrar os fios das agressões para que eles não fiquem com a aparência danificada. De acordo com o cabelereiro Ernani Fernandes, do salão MGet, uma boa lavagem exige cuidados simples. Em primeiro lugar, ensina o profissional, a cabeça deve estar bem molhada para receber o xampu recomendado ao seu tipo de cabelo.

A aplicação deve ser feita no topo, seguida de movimentos em zig-zag com a ponta dos dedos (não esfregue com as unhas) para espalhar o produto no couro cabeludo. Depois do enxágue, o processo deve ser repetido, com atenção à aplicação do xampu, que agora deve ser passado do topo até as pontas, de cima para baixo, e esfregado por mechas. "Não adianta cumprir as etapas e descuidar do enxague", alerta o profissional. Os resíduos de cosméticos abrem precedentes para o ressecamento e eletricidade dos fios.

Com o condionador também não é permitido descuido. O produto deve ser aplicado após o xampu, sem exagero. O ideal é utilizar uma pequena quantidade, que pode ser colocada na palma da mão, e espalhar no comprimento do fio, evitando o contato com o couro cabeludo. A periodicidade com que os cabelos devem ser lavados, independente de seu tipo, deve ser três vezes por semana.

Cuidados extras

Há uma variedade enorme de produtos que prometem fazer milagres por seus cabelos. Fique atenta a eles. A praticidade vendida como diferencial nem sempre é a melhor opção. Os produtos 2 em 1 exemplificam bem esta armadilha e por isso devem ser evitados, já que concentra dois agentes (xampu e condicionador) com funções diferentes.

A temperatura da água em que os cabelos serão lavados também influencia no resultado final. Ajustar o chuveiro para temperaturas mais amenas (morna ou fria) evita que o couro cabeludo sofra uma perda excessiva de oleosidade, o que provocaria descamação e ressecamento dos fios. Na hora de secar os cabelos use a toalha para absorver a água e não a esfregue na cabeça para não reabrir as cutículas dos fios, que já receberam nutrientes na lavagem.

Depois de finalizar a lavagem, em casos de cabelos ressecados e com muito volume, recomenda-se o uso de um leave-in. Além de agir na hidratação e diminuição do volume, a máscara faz uma recobertura do fio, reduzindo danos provocados pela poluição e tratamentos


http://msn.minhavida.com.br

Pimenta vermelha ajuda a suprimir apetite e queimar calorias

Pimenta cayenne pode ser aliada da dieta




Cientistas da Purdue University, na Indiana (EUA), descobriram mais uma aliada das dietas: a pimenta vermelha do tipo Cayenne. Isto porque a pimenta é rica em capsaicina, substância que lhe confere picância e que também colabora para suprimir o apetite e aumentar a queima calórica em quem não costuma consumir o alimento.

"A mudança na dieta não requer grande esforço: basta salpicar a pimenta vermelha na refeição e ela será benéfica a longo prazo, principalmente quando combinada com exercícios e uma alimentação saudável", explicou o professor Richard Mattes, líder da pesquisa, ao jornal britânico Daily Mail desta terça-feira (26).

Durante seis semanas, os pesquisadores acompanharam 25 voluntários saudáveis e acima do peso, sendo que metade apreciava o sabor da pimenta e a outra metade não. Após mensurar o efeito de ½ colher (chá) da pimenta seca, os cientistas constataram que a pimenta aumenta a temperatura corporal, colaborando com a queima de calorias e com a sensação de energia do organismo. Além disso, aqueles que não consumiam o tempero regularmente apresentaram maior saciedade e menor vontade de comer gordura, sal e doces. "Mas, o efeito da capsaicina, que não está presente em todas as pimentas, se torna menos efetivo conforme a pessoa se acostuma com seu sabor", disse Mattes.

Terra



quinta-feira, 28 de abril de 2011

Outono é a estação das frutas; aproveite essas delícias

As frutas são altamente saudáveis, mas o consumo exagerado pode desiquilibrar a dietaCom a chegada do outono, as temperaturas começam a esfriar e as folhas a caírem. Mas, é também nesta época do ano que muitas frutas estão no auge de sua produção. Com o clima mais ameno as bancas das feiras e frutarias ficam recheadas de variedades, o que garante um bem para a saúde e para o bolso.

Uma boa opção para estimular o consumo durante o dia é substituir o consumo de doces ou sobremessas por algumas frutas, o mesmo pode funcionar para aquelas pessoas que sentem necessidade de comer doce. "O sabor doce da fruta e a presença da frutose pode satisfazer aqueles que sentem necessidade de ingerir substâncias adocidadas, seja durante o dia ou depois de uma refeição", afima o nutrólogo Maximo Asinelli.

Mas para aqueles que acreditam que fruta não engorda fica um aviso, o consumo exagerado pode desiquilibrar a dieta, como lembra Asinelli, "Como todo alimento a fruta contém calorias, mas em menor quantidade. Logo o consumo moderado só trará benefícios para a saúde, mas o exagero pode fazer com que o organismo acumule calorias".

Veja alguns benefícios das frutas do outono

Abacate: rico em vitamina C é ideal para a elasticidade da pele, também contém gorduras monoinsaturadas e fibras, que auxiliam no controle do colesterol e o sistema circulatório. Contém potássio, indicado para fadiga, depressão, problemas cardíacos e derrames, além da vitamina B6, magnésio e ferro.

Banana:conhecida por ser rica em potássio e combater as caimbras musculares, possui também taxas elevadas de ferro, cálcio e vitamina A, B6, B12 e C. Ainda protege contra doenças cardíacas, pois mantém o equilíbrio de liquidos e evita o acúmulo de placas nas artérias. Age também como antiácido, podendo ser consumida em caso de azias ou úlceras.

Caqui: possui as vitaminas A, B1, B2 e C que contribuem para a manutenção da boa visão, ainda é rica em cálcio, ferro e proteinas. A fruta também é conhecida por auxiliar na saúde da pele e mucosa e nos processos cicatrizantes.

Maracujá:conhecida por seu poder calmante esta fruta ainda possui alto valor nutritivo, contendo vitamina C, que contribui para a resistência dos vasos sanguíneos e evita a fragilidade dos ossos e dentes. Também contém vitaminas do complexo B que auxiliam o aparelho digestivo e nervoso e ainda evitam a queda dos cabelos. Ainda é rica em cálcio, fósforo, e do ferro que contribui na boa formação do sangue.

Mixirica/Tangerina: fontes das vtaminas A, B e C, ainda possui cálcio, potássio, sódio, fósforo e ferro. Além dos benefícios da vitamina C no desenvolvimento dos dentes e ossos, esta vitamina associada a alimentos que contenham ferro, auxilia a absorção desta pelo organismo.

Promoção Cultural "Cachos Perfeitos, Cachos Colágeno"

Dicas e tratamentos para disfarçar imperfeições na região dos olhos

Inchaço

A pele à volta dos olhos é muito vascularizada e é comum que os microvasos fiquem congestionados, causando o inchaço.

Faça em casa: as tradicionais compressas geladas de chá de camomila são uma boa arma para atenuar o inchaço. Cremes contendo cafeína e hamamélis, de ação drenante, auxiliam no tratamento.

Trate no consultório: a drenagem linfática facial estimula a circulação sanguínea e diminui a retenção de líquidos nas pálpebras, podendo ser encarada uma vez por semana para dar frescor ao olhar.

Disfarce com maquiagem: use um primer para deixar a pele mais regular. Passe corretivo na pálpebra inferior - ele deve ser fluido e ter o tom exato da pele, pois texturas pesadas e nuances claras tornam o inchaço evidente.

Linhas

Finíssima, a pele da pálpebra acusa rápido quando a produção de colágeno diminui, além de sofrer com as contrações musculares.

Faça em casa: cremes e fluidos que incluam retinol, um derivado da vitamina A menos agressivo que o ácido retinoico, são indicados para estimular a revitalização celular na região.

Trate no consultório: injeções de toxina botulínica paralisam a musculatura e bloqueiam as contrações que geram as linhas de expressão. O efeito dura até seis meses.

Disfarce com maquiagem: aplique um primer e, em seguida, um corretivo fluido ou até uma base líquida no seu tom natural. Os produtos de efeito lifting ou com pigmentos que refletem a luz auxiliam na operação disfarce.

Olheiras

As arroxeadas refletem o tom dos vasos sob a pele, e as amarronzadas indicam o acúmulo de melanina, pigmento da epiderme.

Faça em casa: compressas com sachês gelados de chá verde atenuam o problema de imediato. Produtos com ativos clareadores, como ácido kójico e vitamina C, fazem o tratamento diário.

Trate no consultório: a luz intensa pulsada do tratamento Triniti elimina tanto os pigmentos arroxeados como os marrons e inibe a formação de novos vasos na região. São necessárias até seis sessões.

Disfarce com maquiagem: se a olheira é amarronzada, use uma base ligeiramente escura - a diferença entre ele e a pálpebra se suaviza. Se a mancha for roxa, disfarce com um corretivo fluido pendendo para a cor pêssego.


Fontes: Denise Steiner, dermatologista, São Paulo; Juliana Neiva, dermatologista, Rio de Janeiro; Kaká Moraes e Marcos Costa, maquiadores, São Paulo. MdeMlher

terça-feira, 26 de abril de 2011

Conheça os produtos que mais causam intoxicação alimentar

Engana-se quem pensa que os surtos de doenças transmitidas por alimentos (DTA) são exclusivos do verão. Podem ocorrer em qualquer época do ano e causar falta de apetite, náuseas, vômitos, diarreia, dores abdominais e febre, além da possibilidade de atingirem o fígado (hepatite A) e as terminações nervosas periféricas (botulismo). Há um registro médio de 665 surtos por ano no Brasil, com 13 mil doentes, de acordo com o Ministério da Saúde. Por isso, é importante ficar atento à alimentação.

Entre os produtos que mais provocaram problemas no País, segundo a Secretaria de Vigilância em Saúde, estão ovos crus e mal cozidos (22,8%), carnes vermelhas (11,7), sobremesas (10,9%), água (8,8%), leite e derivados (7,1%). Uma pesquisa do Centro para Ciência no Interesse Público dos Estados Unidos, divulgada no blog Well, do jornal The New York Times, aponta os 10 principais vilões de lá nessa ordem: ovo, atum, ostra, batata, queijo, sorvete, tomate, brotos e frutas vermelhas.

Existem mais de 250 tipos de DTAs e a maioria é causada por bactérias e suas toxinas, vírus e parasitas. A lista de condições que favorecem a contaminação conta com erros de higiene pessoal, preparo com muita antecedência das iguarias e refrigeração inadequada.

Alguns gestos simples ajudam na prevenção, como lavar bem as mãos com água e sabão antes de preparar as refeições, verificar se os utensílios da cozinha estão limpos e checar o prazo de validade dos produtos.

Confira abaixo dicas específicas para cada tipo de alimento, apontadas pela nutricionista Alessandra Paula Nunes, professora do curso de nutrição do Centro Universitário São Camilo, de São Paulo:

Aves e ovos: As aves apresentam em seu sistema digestório a bactéria Salmonella, que pode contaminar o ovo e a carne. Sua eliminação depende da maneira de preparo do alimento. O ovo deve ser cozido ou frito, até que a gema fique dura. A carne tem de estar ao ponto ou bem passada.

Peixes e frutos do mar: Antes de consumi-los, observe o aspecto e o odor. Se notar algo diferente, assim como sabor estranho, despreze-os. Coloque-os sempre em local refrigerado, sem mantê-los por muito tempo em temperatura ambiente. Na hora de comprar frutos do mar, preste atenção na pessoa que os vende. "Se o manipulador estiver com roupas sujas, mãos, barbas e unhas compridas, prefira comprar o produto de outro fornecedor."

Frutas, verduras e legumes: Antes de consumi-los, deixe-os em solução de água com cloro (1 litro de água e 1 colher de sopa de cloro) por cerca de 15 minutos. Depois, lave-os com água potável. Há também alguns produtos industrializados específicos para higienização desses alimentos, que são práticos e seguros.
Cereais: A bactéria B. cereus pode ser encontrada em cereais, como arroz, farinhas e temperos secos. O cozimento em vapor sob pressão, a fritura e o ato de assar em forno a temperaturas superiores a 100º C a elimina. Se notar sinais de bolor, despreze todo o alimento. "Não adianta desprezar somente a parte que está embolorada, porque, provavelmente, todo o produto já está impróprio ao consumo."

Água: A opção potável, filtrada ou mineral, é a melhor, tanto para beber quanto para cozinhar. Caso use a água de torneira, a dica é fervê-la.

Leite: O risco maior está em consumir leite do mercado informal, já que não recebe tratamento para esterilização e conservação. A recomendação da nutricionista é consumir os do tipo longa vida, que, quando abertos, precisam ser armazenados na geladeira (por até três dias) ou como indicar o fabricante.

Derivados do leite: É preferível comprar os industrializados em vez dos caseiros. Quando quiser saborear sorvetes de massa, vendidos por quilo, fique atento aos pegadores que ficam na água. "Devem estar em água limpa e ser trocados constantemente."

Enlatados: O consumo de enlatados pode ocasionar o botulismo, transmitido pela toxina do Clostridium Botullinun, que, além dos sintomas gastrointestinais, pode causar problemas neurológicos. Para prevenir, verifique as latas e vidros. Se estiverem estufados ou, se ao abrir, observar sinal de presença de ar, descarte o alimento.

Terra



26 de abril: Dia Nacional do Combate à Hipertensão

Estima-se que 20% da população brasileira adulta seja hipertensa. Além disso, o Ministério da Saúde estima que cerca de 15 milhões de hipertensos desconhecem que sofrem do mal. Com saúde não se brinca e, para alertar sobre o mal, foi criado o Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial, celebrado neste dia 26 de abril. Em relatório, a Organização Mundial de Saúde prevê que, em 2015, teremos 10 milhões de mortes por doenças crônicas no país, como é o caso da pressão alta. Atualmente, considera-se que ela é a doença cardiovascular mais frequente, no país, especialmente entre idosos. Mas não são só eles que sofrem do mal. Gestantes e crianças também estão entre os pacientes que devem tomar cuidado com a pressão alta.


A hipertensão é o aumento da pressão sanguínea no sistema arterial e, além de ser a principal causa de Acidente Vascular Cerebral (AVC), está diretamente relacionada ao infarto do miocárdio (ataque cardíaco) e à insuficiência cardíaca. Diabetes, sedentarismo, obesidade, estresse emocional, uso abusivo de sal e herança genética são os fatores que mais contribuem para o desenvolvimento de hipertensão arterial. Existem dois tipos de hipertensão: a primária e a secundária. A primária está associada à hereditariedade e é mais comum. Já a hipertensão secundária surge por motivos específicos, como obesidade, gravidez, uso de drogas, álcool e sal em excesso entre outros fatores.



Em geral, as mulheres tornam-se hipertensas mais tardiamente que os homens: elas, a partir dos 50 anos; eles, a partir dos 40. O distúrbio afeta 10% das grávidas e pode levar ao parto antecipado e, sem tratamento, pode levar à morte. Além de dores de cabeça, cansaço, inchaço e palpitações, se não for tratada a tempo, o quadro pode se agravar, evoluindo para a eclampsia - principal causa de morte materna no país.



Entre os idosos e pequenos, o quadro também exige preocupação. Mais de 70% das pessoas acima de 70 anos têm hipertensão arterial. Estilo de vida e má alimentação levam 5% de crianças e adolescentes a precisarem de tratamento. No Rio de Janeiro, a hipertensão juvenil está em torno de 7%. Em Belo Horizonte e Florianópolis o índice é de 12%. Em Salvador, 4% das crianças e adolescentes têm hipertensão arterial.



A prevenção é o melhor remédio para não sofrer do mal. E não é assim tão complicado: hábitos saudáveis, não consumir álcool em excesso, perder peso e fazer atividades físicas regularmente são as regras para fugir da pressão alta. O perigo da hipertensão é que ela é "invisível", quando surgem os sintomas é sinal de que a doença já fez algum estrago no organismo. Nada de pânico! Ainda é possível reverter a situação e ficar de bem com a saúde. Basta querer!

Drogaria São Bento, Cuidar de VOCÊ faz bem.

terça-feira, 19 de abril de 2011

Abuse da Sombra





50 Segredos para não adoecer

1. Beber água mesmo sem ter sede

A água está para o corpo humano assim como o combustível para o carro. Isso porque, sem manter os nossos níveis hídricos sempre abastecidos, todo o organismo sofre. O líquido ajuda a aumentar a saciedade, evitando compulsões que podem levar ao sobrepeso e ao aparecimento de diversas doenças, ao mesmo tempo que mantém a saúde do sistema renal. "É o baixo consumo de água que resulta em urina concentrada e na maior precipitação de cristais, justamente o que leva à formação das pedras nos rins", adverte a nutricionista Amanda Epifânio Pereira, do Centro Integrado de Terapia Nutricional. sucos naturais, chás e água de coco também podem ser usados.

2. Ir ao dentista regularmente

A boca é como um espelho a refletir a saúde do organismo. Daí a importância de permitir que um profissional a examine a cada seis meses. "Muitas doenças sistêmicas, como diabetes, alterações hormonais e lesões cancerígenas podem ser detectadas numa consulta de rotina", diz o periodontista Cesário Antonio Duarte, professor da Universidade de São Paulo (USP). Além disso, o tratamento das cáries deixa o organismo protegido contra inúmeras doenças. "Cáries não tratadas podem se tornar a porta de entrada para micro-organismos, que poderão atingir órgãos nobres como coração, rins e pulmões", alerta o especialista.

3. Ingerir mais nozes

Bateu aquela fome de fim de tarde? Experimente comer duas unidades de nozes todos os dias. Esse é um dos segredos dos Adventistas da Califórnia. Cerca de 25% deles comem nozes cinco vezes por semana. E diminuíram pela metade o risco de problemas cardíacos.

4. Temperar com alho

"Ele melhora a saúde do coração, diminui os níveis de colesterol, a pressão arterial e potencializa as nossas defesas", afirma a nutricionista funcional Gabriela Soares Maia.

5. Comprar alimentos regionais

Se puder privilegiar alimentos produzidos na sua região, sua saúde sairá ganhando. Isso porque os produtos da safra, que não recebem uma grande quantidade de conservantes, em geral, são muito mais ricos em nutrientes. Agora, se você puder ir pessoalmente à feira ou à quitanda do bairro, tanto melhor



6. Comer mais frutas

Aumentar o consumo de produtos de origem vegetal é uma das medidas mais significativas na prevenção de doenças crônicas. A prática foi observada em pelo menos quatro das cinco Blue Zones e é fácil entender o porquê. "Frutas, legumes e verduras possuem uma quantidade de vitaminas antioxidantes, boas gorduras e fibras que supera em muito a dos alimentos industrializados", diz Isis Tande da Silva, do Ganep Nutrição Humana.

7. Aprender a planejar

A tensão constante é extremamente prejudicial à saúde. "Ela afeta o funcionamento do sistema nervoso, hormonal e imunológico", alerta o psicólogo Armando Ribeiro das Neves Neto, professor da USP. Uma boa maneira de controlar essas reações é não deixar todos os compromissos para a última hora. "Acostume-se a anotar suas pendências em uma lista", diz o especialista em produtividade pessoal Christian Barbosa.

8. Fracionar a dieta

Comer mais vezes ao dia e optar por porções menores é um jeito inteligente de manter o peso estável. "Os jejuns prolongados desencadeiam uma fome tão intensa que é fácil se exceder nas refeições", explica a endocrinologista Ellen Simone Paiva, do Centro Integrado de Terapia Nutricional. Quando dividimos a nossa alimentação diária em cinco ou seis refeições, também estamos dando uma forcinha ao processo de digestão e ao intestino, evitando sobrecargas.

9. Aproveitar o contato com a natureza

Sinta o cheiro da grama molhada, escute os pássaros, sente-se na sombra de uma árvore... Pratique essa terapia sempre que possível, já que ela é altamente relaxante. "A vegetação transfere umidade ao ar e, portanto, o ambiente fica ionizado negativamente. Isso provoca uma reação química no organismo, gerando uma sensação de muita calma", explica a arquiteta Pérola Felipetti Brocanelli, professora da Universidade Presbiteriana Mackenzie. A psicóloga Solange Martins Ferreira, do Hospital Santa Catarina, garante que as atividades ao ar livre também contribuem para recuperação de pacientes: "Quando observam a natureza, eles tiram a atenção da doença".



10. Levantar peso

A ideia não é apenas ficar forte. "Um dos principais benefícios é o aumento da densidade óssea, auxiliando na prevenção da osteoporose e na reversão da sarcopenia (diminuição no número de sarcômero, a unidade do músculo esquelético). Isso evita a incapacidade funcional, muito comum em idades avançadas", diz Ricardo Zanuto, fisiologista e professor de Educação Física das Faculdades Integradas de Santo André.



11. Ser um voluntário

Se você ainda não conseguiu um tempo para isso, é bem provável que não tenha encontrado a causa certa. "Quando se apaixonar de verdade por um trabalho social, acabará colocando-o na lista de prioridades", garante o especialista em produtividade pessoal Christian Barbosa. "Dedicar uma noite por semana já é um bom começo", diz Dan Buettner.

12. Celebrar a vida

Não espere algo de extraordinário acontecer, mas acostume-se a comemorar as pequenas vitórias. Essa é a receita de longevidade dos italianos que vivem na Sardenha, uma das Blue Zones. Eles chamam a atenção pela disposição que têm para festejar tudo e todos.

13. Cultivar a sua fé

"A religião empresta sentido às buscas e conquistas do ser humano, dá uma nova dimensão às vitórias e também às perdas. Além disso, orienta e ajuda as pessoas a tomar decisões difíceis", explica Jorge Claudio Ribeiro, professor de Teologia da PUC-SP.

14. Trocar o café pelo chá-verde

Ainda que você precise do café para acordar, faça a substituição. Afinal, o cháverde também contém cafeína, que funciona como estimulante. O bom é que ele oferece outros extras. "Diversos estudos mostram que a bebida atua na prevenção e no tratamento de doenças como Alzheimer e Parkinson", afirma a nutricionista Andréia Naves.

15. Pegar leve com as carnes vermelhas

Embora sejam importantes fontes de ferro, são alimentos de difícil digestão e, portanto, retardam o funcionamento intestinal. Então, se você é do tipo que não pode viver sem um bifinho, contente-se com um filé médio por dia

16. Praticar mais atividade aeróbica

Pode ser uma caminhada ou uma corrida. Esse tipo de exercício tem impacto direto sobre os fatores de risco associados à hipertensão, ao diabetes e à obesidade. "A prática regular melhora a força e a flexibilidade, fortalece ossos e articulações, facilita a perda de peso e diminui o colesterol", afirma Zanuto.

17. Encontrar a sua tribo

Se você gosta de esportes, certamente irá sentir-se bem com amigos que também gostam. Portanto, faça um esforço para encontrar pessoas com quem possa compartilhar e trocar ideias. "Uma das atitudes mais importantes para garantir a longevidade é cercar-se de pessoas que vão lhe dar suporte e que conectam ou reconectam você com o sentido maior que você dá à sua vida", diz Dan Buettner.

18. Ser agradável

Facilita a convivência social e cria vínculos com pessoas que poderão apoiá-lo quando necessário. Mas como tornar-se uma pessoa agradável? O autor Dan Buettner é quem responde: "Para isso, é preciso ser interessado e não apenas interessante. Pessoas simpáticas perguntam a você como está em vez de falarem apenas de si mesmas".

19. Definir seus objetivos

É o que os moradores de Okinawa chamam de ikigai e os habitantes de Nicoya nomeiam de plano de vida. Seja como for, o fato é que eles têm muito bem definidas as suas razões de viver e investem nesses propósitos.



20. Conhecer melhor a ioga

Ela une princípios da meditação, exercícios para o equilíbrio, alongamento e o treinamento de força, com foco na respiração. Tudo isso graças à execução de movimentos sequenciados. "A ioga é ótima para a longevidade, porque fortalece os músculos e ligamentos. Então, os movimentos tornam-se mais fluidos e seguros. A prática tem ainda um efeito importante na redução do estresse", diz Dan Buettner.


21. Guardar o despertador na gaveta

Dormir bem significa dar ao corpo a chance de se recompor totalmente. "Se você se deita, dorme logo e acorda bem disposto, pode dizer que tem um sono de qualidade", ensina o neurofisiologista Flavio Alóe, do Centro de Estudos do Sono do Hospital das Clínicas (SP). Quem não tem, corre um risco muito maior de adoecer. "Aqueles que dormem pouco podem ter um aumento do colesterol e dos triglicérides", complementa Alóe.

22. Apostar nos integrais

Não basta comer pão integral. Com um pouco de criatividade, é possível incluir a farinha e aveia integrais na preparação de inúmeros pratos. Quer um bom motivo para fazer isso? Pois saiba que os alimentos não processados oferecem um aporte muito maior de nutrientes. "No processo de refinamento, o germe dos grãos são retirados, restando praticamente o amido", explica a nutricionista Patrícia Morais de Oliveira, do Ganep.

23. Pensar na sua vocação

Fazer o que gosta é uma forma eficiente de afastar o estresse. Além disso, é interessante que o seu tipo de trabalho seja capaz de fazê-lo sentir-se realizado. Por último, saiba que aquele que se empenha em uma carreira para a qual há um sentido profundo, além da manutenção da renda, se sente mais motivado a investir na atualização dos conhecimentos. E estudar, como já vimos, é um santo remédio para o cérebro.

24. Doar seus pratos grandes

A população de Okinawa descobriu um jeito de comer 30% menos: eles utilizam pratos de apenas 23 cm de diâmetro. "Há experiências promissoras sendo realizadas por meio da restrição calórica orientada, que já se mostrou capaz de aumentar o tempo de vida de animais de laboratório em 60%", afirma Ellen Paiva.

25. Ter atitudes positivas

"As emoções fazem parte daquilo que somos e, portanto, são capazes de provocar reações físicas muito claras. As positivas curam e determinam uma maior e melhor qualidade de vida", diz Armando Ribeiro das Neves Neto

26. Emagrecer a despensa

Na hora da compra, elimine os alimentos que possuem qualquer quantidade de gordura trans e evite os que contêm gorduras saturadas. E por um motivo simples: as chamadas gorduras ruins têm relação com o aumento dos níveis de colesterol LDL e triglicérides, fazendo crescer o risco de infarto e de acidente vascular cerebral. "Além dos industrializados, convém tomar cuidado com os alimentos de origem animal, como carnes gordas", alerta a nutricionista Andréia Naves, da VP Consultoria Nutricional.


27. Saber como usar a soja

Em Okinawa, no Japão, o consumo de produtos da soja é o maior de todo o mundo. O resultado? Dos cerca de 1 milhão de habitantes locais, mais de 900 pessoas já passaram dos 100 anos. "O consumo frequente reduz os riscos de doenças cardiovasculares", afirma a nutricionista Renata C. C. Gonçalves, do Ganep.

28. Estudar sempre

Manter as atividades intelectuais é uma maneira de garantir anos extras de vida e muito mais saúde, principalmente nas idades avançadas. "Exercitar o cérebro vai deixá-lo mais protegido contra doenças. Na prática, isso significa um risco menor de limitações físicas, mesmo se algo der errado porque, nesse caso, a recuperação será muito melhor", explica o neurologista André Gustavo Lima, do Hospital Barra D´or.

29. Ter um dia só para você

Os Adventistas do Sétimo Dia que vivem em Loma Linda, na Califórnia, recolhem-se em suas casas aos sábados e aproveitam a ocasião para meditar e orar. E esse parece ser mais um bom hábito que poderíamos nos esforçar em copiar. Afinal, essas pessoas vivem de cinco a dez anos mais que o resto da população americana. "Se for impossível fazer isso, tente conseguir pelo menos 15 a 20 minutos por dia para não fazer nada, ou melhor, para pensar apenas. É como marcar uma reunião consigo mesmo", diz Christian Barbosa

30. Apagar o cigarro

Quem tem menos 40 anos e fuma até 20 cigarros por dia tem quatro vezes mais chances de infartar. Agora, se o consumo for maior, o risco sobe 20 vezes. A explicação é simples: as substâncias do cigarro levam à contração dos vasos sanguíneos, à aceleração dos batimentos cardíacos, além abaixar o HDL, que age como um protetor das artérias



31. Ouvir a sua música

A musicoterapeuta Maristela Smith, das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU), tem uma receita interessante para quem quer tirar proveito da terapia da música. "Faça um CD com as músicas que marcaram positivamente a sua vida para criar a sua identidade sonora musical. Escute-o regularmente, principalmente quando estiver precisando melhorar o astral", ensina a especialista.

32. Respirar com consciência

Quando estiver precisando relaxar ou desacelerar seu ritmo, faça a respiração completa. "Inspire calmamente o ar pelo nariz, contando três segundos. Então, bloqueie a respiração por um tempo, retendo o ar, e expire pela boca em seis segundos. Assim, você estará atuando diretamente sobre o sistema nervoso autônomo", ensina o educador físico Estélio Dantas, professor da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

33. Curtir os animais

Mesmo que não possa ter um em casa, descubra aqueles com os quais possui mais afinidades e dê a si mesmo a oportunidade de tocá-los. Para a veterinária Maria de Fátima Martins, professora de Zooterapia da USP, a convivência com os bichos é uma rica fonte de benefícios psicológicos, físicos e sociais. Ela coordena uma experiência de terapia assistida com animais em asilos. "O contato com os animais tem melhorado a vida dessas pessoas. Para alguns idosos, a experiência foi tão positiva que eles chegaram a diminuir o número de medicamentos que tomavam", conta.

34. Ser muito mais ativo

Comece descendo alguns pontos antes do ônibus. Fazer mais atividades a pé ou de bicicleta, cozinhar, cuidar do jardim, brincar com o seu cachorro, todas essas maneiras de se mexer são válidas. "Um dos segredos da longevidade é encontrar meios de se manter sempre em movimento. De preferência, concentre-se em atividades que também lhe dão prazer, e os benefícios serão maiores", sugere Dan Buettner.

35. Desacelerar o ritmo

"Se você não cria um tempo para estar bem, terá que ter tempo para se cuidar quando ficar doente", alerta Dan Buettner. O primeiro estágio do estresse é a fase de alerta. Ele nos permite realizar muitas tarefas em pouco tempo e aí nos sentimos bem. Porém, quando persistimos na tensão, o organismo entra em fadiga

36. Comer mais iogurtes

"Eles reforçam a nossa imunidade", explica a nutricionista Gabriela Maia, da Clínica Patricia Davidson Haiat. O que as bactérias vivas contidas nesses potinhos também fazem é melhorar o nosso humor. Afinal, é o intestino que responde pela produção de 95% da serotonina de todo o corpo.


37. Investir no ômega-3

Peixes de água fria (salmão, arenque, sardinha, atum), sementes de linhaça moídas e óleos de peixe, de soja e de canola são ótimas fontes desse nutriente, que tem ação comprovada na redução dos níveis de colesterol e de triglicérides, além de ajudar no controle da pressão e de prevenir o risco de tromboses, que danificam os vasos sanguíneos. O composto ainda é coadjuvante em tratamentos neurológicos e de osteoporose.

38. Controlar o álcool

A curto e médio prazos, o álcool pode engordar, acelerar o processo de envelhecimento e ainda aumentar a pressão arterial. A longo prazo, causa dependência e ainda compromete o funcionamento de todos os sistemas do corpo, com danos mais sérios para o fígado.

39. Brincar com as crianças

É uma excelente estratégia para tirar o foco das preocupações, aproximar a família ou amigos e facilitar o contato intergeracional. E todos esses aspectos estão associados à longevidade. Porém, para funcionar, é preciso que se tenha um mínimo de afinidade com os pequenos.

40. Construir o próprio jardim

Mexer com plantas e flores pode ser um hobby interessante e saudável, desde que você realmente consiga tirar prazer da atividade. "Esse tipo de passatempo é muito válido para prevenir o estresse, tanto quanto fazer trabalhos manuais ou cozinhar. Só não pode virar rotina e obrigação. Se a pessoa tem que cozinhar ou cortar a grama todos os dias, por exemplo, isso passará a representar, na vida dela, mais uma fonte de tensão. E aí os benefícios não virão", explica Armando Ribeiro Neto.

41. Desfrutar do sol

Sentir na pele o calor dos raios solares não é somente uma receita para adquirir disposição e ânimo. Com cerca de 15 minutos de exposição, oferecemos ao corpo algo que só o sol pode dar: a energia necessária para a síntese de vitamina D. "O composto é importantíssimo na fixação de cálcio no organismo, prevenindo a osteoporose, além de fortalecer o sistema imunológico", afirma a endocrinologista Bárbara Carvalho Silva, da Universidade Federal de Minas Gerais.

42. Perdoar mais

"Para envelhecer bem, é preciso olhar para a nossa trajetória de vida aceitando os erros cometidos e desculpando-se por eles. Da mesma forma, é interessante perdoar aos outros, percebendo que não fomos apenas vítimas", diz a psicóloga Dorli Kamkhagi, colaboradora do Laboratório dos Estudos do Envelhecimento do Hospital das Clínicas (SP). "Perdoar é retirar objetos pesados de uma mochila que carregamos", compara.

43. Dar uma chance à laranja

Uma única unidade é capaz de prover a necessidade que o nosso corpo tem de vitamina C a cada dia. "Protege contra o câncer, afasta aquela gripe chata e até ajuda a pele a se recuperar mais rapidamente dos estragos promovidos pelo sol", diz a nutricionista Gabriela Soares Maia.

44. Alongar o corpo todo

Os problemas mais frequentes do aparelho locomotor, e que estão relacionados ao envelhecimento, são a perda da mobilidade e a osteoporose. "O alongamento, enquanto um treinamento da flexibilidade, é um dos principais fatores de manutenção da autonomia funcional em idosos", garante o educador físico Estélio Dantas.

45. Cochilar após o almoço

Na Península de Nicoya, na Costa Rica, a sesta é um costume institucionalizado. E, em muitas outras partes do mundo, as pausas para um cochilo também são comuns. "Para quem dorme pouco, essa pode ser uma estratégia compensatória", diz o neurofisiologista Flavio Alóe. É como renovar as energias, antes de recomeçar a jornada.


46. Priorizar as pessoas amadas

Este é outro ponto comum dos que vivem nas chamadas Blue Zones. "Eles contam com famílias fortes e se apoiam mutuamente", conta Dan Buettner. Relações verdadeiras nos protegem de situações adversas.

47. Esquecer do sal

A redução de seu consumo é imprescindível para prevenir e controlar a hipertensão que, por sua vez, oferecem as condições favoráveis para que inúmeros problemas de saúde progridam rapidamente, tais como a insuficiência renal e as complicações cardíacas. "O sal em excesso faz o corpo reter mais líquido, o que, além de causar inchaço, também aumenta o volume sanguíneo, elevando a pressão nas artérias", explica a nutricionista Andréia Naves. Para passar bem longe desse drama, vale cortar o sal de cozinha que adicionamos aos pratos durante a preparação, para colocá-lo apenas no momento de consumir, e sempre usando o bom senso. Outra dica é reduzir o consumo de condimentos, pratos prontos, embutidos ou enlatados.

48. Praticar sexo com prazer

A atividade sexual ajuda a aliviar as tensões, já que, durante a relação, ocorre a liberação de endorfinas, substâncias que melhoram o humor. O sexo ainda faz bem para a circulação. Por fim, vale como um excelente exercício e ajuda a reforçar vínculos de afeto.

49. Criar um tempo para a família

A união e o apoio mútuo entre cônjuges, pais e filhos precisam certo investimento de tempo e atenção. Mas como encontrar períodos livres para dedicar a essas pessoas todo o carinho que merecem? "Vale programar um jogo que possam fazer juntos, que permita confraternizar e trocar ideias", diz Christian Barbosa.

50. Usar as dicas diariamente

Caminhar só aos finais de semana ou encontrar mais tempo para os amigos apenas nos períodos em que a rotina de trabalho sossega um pouco podem ser um bom começo, na tentativa de transformar a sua vida para melhor. É preciso, porém, garantir que mudanças pontuais se transformem em hábitos, para colher resultados significativos no que diz respeito à saúde e à longevidade. "As pessoas que eu conheci enquanto preparava o livro possuem diferentes segredos, mas uma coisa que todas elas têm em comum é a disciplina; elas usam seus segredos diariamente, ou seja, fazem da boa saúde uma prioridade, um hábito mesmo", finaliza Gene Stone.



Drogaria São Bento, Cuidar de VOCÊ faz bem
 

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Olhos



Olhos - uma região que merece cuidados especiais.

* Limpeza e hidratação com produtos específicos para a região podem retardar ou amenizar o aparecimento de rugas e pés de galinha.

* Eles só são lembrados quando as rugas e os pés de galinha começam a rondá-los. Conforme o tempo vai passando, é a região dos olhos que mostra os primeiros sinais da idade. Isto ocorre porque a pele neste local é fininha. Além disso, a região não possui glândulas sebáceas, o que a torna seca e sensível.

* É por isso que os cuidados nesta área devem ser redobrados. Segundo os dermatologistas, a limpeza com sabonetes e demaquilantes neutros e a hidratação melhoram a textura da pele. E para quem pensa que é só depois dos 30 anos que estas preocupações começam a aparecer, ledo engano.

* Às vezes, algumas pessoas desenvolvem linhas de expressão mais cedo por causa de fatores genéticos. Por isso, a partir dos 25 anos, além da limpeza diária, é recomendado o uso de alguns produtos específicos que, além de hidratar, mantém a juventude do olhar prevenindo e corrigindo os sinais do tempo.

Livre-se das olheiras:

* Da mesma forma que os pés de galinha e linhas de expressão, as olheiras também são um problema para a estética do rosto.

* No entanto, ainda não há um método eficaz que consiga elimina-las completamente. Para quem quiser amenizá-las ou evitá-las vale a dica: evite situações que possam desencadeá-las.

* Procure descansar e dormir oito horas por dia. Agindo assim, o organismo se revitaliza e as toxinas são eliminadas dificultando o aparecimento das olheiras.

* Uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos também ajudam a minimizar o problema. Mas, se mesmo assim as olheiras insistirem em permanecer no rosto, tente disfarça-las com compressas de chá de camomila, água boricada ou simplesmente água gelada deixando agir por 30 minutos.


Maquiagem dos olhos:




* Conhecer exatamente o formato dos olhos é um passo imprescindível para o sucesso do seu make-up. Por isso, não custa nada perder alguns minutos na frente do espelho antes de se maquiar. Analise-os atentamente, sem desprezar nenhum detalhe.

Conheça algumas dicas de maquiagem para os olhos.


Olhos Juntos

Opte por tons claros e pastéis para iluminar a expressão. Dê um toque cintilante à região próxima ao nariz, imediatamente no início do canal lacrimal, para a impressão de afastá-los.

Olhos Afastados

Um leve esfumaçado de um tom mais escuro, como o marrom ou o verde-musgo, no canto interno, cria a ilusão de aproximá-los. Mas, ao esfumaçar, cuidado para não tornar a fisionomia pesada.

Olhos Saltados

Esfumace a região da pálpebra sobre o globo ocular com uma sombra opaca escura, como marrom ou ferrugem. Arrisque, ainda, um toque de preto à noite. Inicie com um esfumaçado escuro na raiz dos cílios, indo até a dobra do olho, fazendo um degradê suave e uniforme. Isso faz com que pareçam mais fundos e menores.


Olhos Fundos

Cores claras, como branco, bege, areia e marfim, elevam a expressão e dão um ar de elegância. Devem ser aplicadas em toda a área móvel, da linha de transferência até a raiz dos cílios. Já na área rente às sobrancelhas, use sombras de tons médios, como rosa, salmão ou coral.

Olhos Caídos

Tons nacarados, cintilantes, dourados e cobres levantam a fisionomia e conferem um ar de felicidade. No canto externo, faça um suave movimento ascendente com sombra grafite ou preta. O curvex também é um aliado de peso.


Melhorando o acabamento nos olhos

- Você pode passar também no canto externo dos olhos, esfumaçando com a ajuda de um pincel. - Use um tom bege junto à sobrancelha. Esta técnica proporciona um acabamento a maquiagem.


Como passar sombra
A forma certa de usar a sombra é passá-la na dobra do olho. Você mesma pode passar com a ajuda de um espelho e os olhos abertos, passe a sombra com um pincel bem na dobra dos olhos, entre os cílios e a sobrancelha.


Aplicação de sombras
Para não errar, aplique aos poucos e vá esfumando devagar até chegar a intensidade desejada.


Cor de sombra para qualquer hora
O marrom é uma cor que combina tanto com o dia quanto com a noite. Além de combinar com todos os tipos de pele.

Disfarce as olheiras
Para disfarçar as olheiras, use um corretivo mais claro que o tom da sua pele.


Dê mais profundidade às pálpebras
As sombras de tonalidades escuras dão profundidade às pálpebras inchadas e diminuem olhos grandes ou salientes.

Olhos mais discretos
Durante o dia a maquiagem dos olhos é mais discreta, principalmente em relação às sombras, que devem ser aplicadas com ênfase nos cantos externos.

Olhos muito próximos
As sombras de tonalidades claras ajudam a separar olhos muito próximos, suavizam a profundidade dos olhos fundos e aumentam pálpebras pequenas.


Fonte: sortimentos.com

Sucos que deixam o cabelo hidratado e bonito

Confira nove receitas de sucos que ajudam a deixar o cabelo hidratado, brilhante



Tome um suco por dia! O exagero no consumo deles prejudica a absroção de nutrientes!

Para ter um cabelo mais forte
1. Esprema 1 laranja e bata o suco com 6 acerolas (sem caroço) e 3 folhas de couve. Se quiser, adicione mel e gelo.

2. Bata no liquidificador 150 ml de suco de laranja, 1/2 xíc. de couve, 1/2 cenoura, 3 nozes, 200 g de iogurte desnatado e 250 ml de água.

3. Junte 1 xíc. de abacaxi picado, 1/2 maçã verde com casca e 250 ml de água mineral ou filtrada e bata tudo no liquidificador.

Para ativar o brilho dos fios
4. Bata no liquidificador 1 fatia média de melão com 1/2 papaia, 3 folhas de alface e 3 nozes. Beba geladinho.

5. Junte 1/2 melão pequeno com 1/2 pera, acrescente 250 ml de água de coco e bata no liquidificador.

Para acabar com a queda
6. Esprema 1 limão e 2 laranjas e misture com 1 col. (sopa) de farinha de soja, mexendo bem.

7. No liquidificador, bata 1/2 pepino, 1/4 de beterraba crua picada, 1/4 de papaia e 200 ml de suco natural de uva (se preferir, use a polpa congelada da fruta).

Para fios mais macios
8. Bata no liquidificador 1/2 maçã, 1/2 pera, 1/2 banana, 100 ml de leite, 1 col. (sopa) de aveia e 1 col. (sopa) de linhaça dourada.

Para o cabelo crescer mais rápido

9. No liquidificador, adicione 1/2 papaia, 1/2 manga, 1 fatia de melão, 5 morangos, suco de 1 laranja e 1 punhado de sementes de girassol.


Procure usar água fria na hora de lavar os cabelos


3 passos para ter o cabelo dos seus sonhos

1. Lave do jeito certo
A cada 15 dias, use um xampu de limpeza profunda. Em seguida, passe um pouquinho de condicionador (o equivalente ao tamanho de uma moeda de R$ 1). Enxágue com água fria.

2. Desembarace durante o banho
Para se certificar de que tirou todo o condicionador, use um pente com dentes largos durante o banho. Se ele deslizar facilmente, ainda tem creme nos fios.

3. Seque como profissional
Segredinho de expert: tire a água apertando os fios com uma toalha, sem esfregar. Quando eles não pingarem mais, use o secador, mas só passe a escova no cabelo quando estiver quase seco.



MdeMulher

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Rede de Drogarias São Bento abre loja em Coxim

A Drogaria São Bento acaba de conquistar a “Capital do Peixe” inaugurando nesta semana (14 de abril) sua 74º loja na Avenida Virgínia Ferreira nº 390. Os moradores de Coxim poderão contar com ofertas exclusivas em medicamentos Genéricos com até 60% de desconto, grandes ofertas no tablóide e um Saldão de perfumaria com produtos a partir de R$ 0,99 centavos. Teremos também o serviço de entrega o Ligou-Chegou pelo telefone 3291-5086 para dar mais conforto e comodidade.

Na festa de inauguração os clientes participaram da Blitz da Saúde com aferição de pressão e teste de glicemia, café-da-manhã, fogos, dupla sertaneja, pipoca e distribuição de brindes.

Considerada uma das maiores redes de drogarias do Centro-Oeste, o grupo continua ampliando suas atividades inaugurando em abril mais duas filiais nas cidades de Rondonópolis e São Gabriel do Oeste. A Drogaria São Bento se orgulha em estar em Coxim encantando as pessoas, promovendo saúde, beleza, conveniência e bem-estar através da excelência no atendimento ao cliente reafirmando o nosso compromisso de garantia de todos os medicamentos e os melhores preços.




Drogaria São Bento, Cuidar de VOCÊ faz bem.

Festival do Chocolate: Gostoso é economizar

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Sem incômodos



Truques caseiros para acabar com a transpiração excessiva

Independentemente de originar um mau cheiro, a transpiração excessiva é um incômodo e tanto. Afinal, quem gosta de viver com as axilas molhadas? Mas a boa notícia é que há casos que precisam apenas de alguns cuidados caseiros para serem solucionados. Não custa nada testar as dicas abaixo, elaboradas pela dermatologista Denise Steiner, para saber se o seu problema não tem solução mais simples do que você imaginava.


- Mantenha as axilas depiladas. A falta de pelos ajuda na evaporação do suor, além de diminuir o odor causado pelas bactérias, cuja proliferação é favorecida justamente pela umidade retida nos pêlos;

- Ficou com alergia do desodorante? Troque na mesma hora, pois a inflamação agraca o sudorese. Opte por um à base de substâncias neutras;

- Compressas com chá preto ajudam a diminuir o suor, graças à presença de ácido tânico, que desacelera a produção da glândula sudorípara.

- Desodorantes antiperspirantes obstruem os ductos das glândulas sudoríparas, reduzindo a produção de suor;

- Atualmente há no mercado aparelhos portáteis de ionização, que inibem o funcionamento das glândulas sudoríparas. “Durante os 10 primeiros dias é recomendável usar o aparelho duas vezes por dia. Depois dessa fase, bastam apenas duas aplicações semanais”, diz a médica.



Da Latta
Especial para o Terra

quinta-feira, 7 de abril de 2011

quarta-feira, 6 de abril de 2011

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Promoção de bem com a Vida!


clique na imagem para ampliar

Super Ofertas de Final de Semana

Ofertas MS



Ofertas MT

Follow @rede_saobento