terça-feira, 31 de maio de 2011

Aprenda a diferenciar as doenças do frio e a se prevenir

Saiba quando você está com gripe, resfriado, rinite, sinusite, asma ou pneumonia

Basta uma mudança de temperatura mais brusca para começarem as manifestações de tosse, espirros e coriza. Com a chegada do outono, elas tendem a ser mais frequentes, pois os dias quentes do verão dão lugar às tardes amenas e noites bem frias, um prato cheio para as doenças respiratórias.

As mais comuns nessa época do ano são o resfriado, a gripe, seguidas da sinusite, rinite e da pneumonia. E para quem já sofre de asma, bronquite e enfisema pulmonar, as crises tendem a piorar. Isso acontece porque as pessoas passam a se isolar em locais fechados para se preservar do frio, o que facilita a transmissão das doenças virais e bacterianas, explica o pneumologista José Miguel Chatkin, membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Pneumologia.

 A diferença brusca de temperatura faz com que as defesas do pulmão funcionem com menos eficiência. Somado a isso, como as pessoas estão em ambientes mais fechados e menos arejados, têm mais chance de se contaminarem, desenvolvendo o resfriado, a gripe e outras infecções bacterianas.

E se esses locais estiverem cheios, a possibilidade dessas doenças se espalharem é ainda maior, afirma Chatkin.

Gripe ou resfriado?

Além de poucos se atentarem a esses detalhes, outro problema que acerca as doenças do frio é saber identificá-las e fazer os tratamentos mais adequados. Afinal é bem comum as pessoas confundirem o resfriado com gripe ou a rinite com sinusite. Diante disso, pedimos para o pneumologista Alex Macedo, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e para Chatkin apontarem as diferenças entre as doenças respiratórias, descrevendo seus sintomas e tratamentos mais adequados. Veja abaixo.

Resfriado - infecção viral de via área superior que causa congestão nasal (nariz entupido), espirros, tosse seca, coriza, dor de cabeça, e às vezes febre baixa, com duração de três a cinco dias em média. Apenas os sintomas devem ser tratados, ou seja, antitermal em caso de febre e remédios para dor.

Gripe – com sintomas muito semelhantes ao do resfriado nos primeiros dias, é uma infecção viral de via aérea superior que se agrava e tem duração maior, podendo durar até uma semana. Além da tosse seca, coriza e do nariz entupido, o doente tem febre alta, dores no corpo e nas articulações, moleza e vontade de ficar na cama. Apenas os sintomas devem ser tratados, ou seja, antitérmico em caso de febre e remédios para dor.

Rinite - a infecção de causa bacteriana inflama a mucosa do nariz, causando repetitivos espirros e muita coriza (aguada ou mais espessa). Quando a inflamação está muito intensa, faz com que os seios da face fiquem obstruídos, causa que predispõe a sinusite. Deve ser tratada com antibiótico.

Sinusite – a infecção bacteriana causa uma obstrução nasal que tem como consequências as dores na face (bochechas e testa), tosse seca muito repetitiva e coriza mais espessa (amarelada). Deve ser tratada com antibiótico.

Bronquite e asma – a bronquite se caracteriza por uma inflamação nos brônquios que tem causas diferentes. Pode ser causada por infecção (aguda) ou pelo cigarro (crônica). Já o termo bronquite asmática, por exemplo, significa o mesmo que asma, isto é, uma inflamação nos brônquios que dura algum tempo (crise), com episódios de tosse, sibilância (chiado no peito) e dispneia (falta de ar). Desencadeada como uma alergia, ela costuma aparecer quando a pessoa predisposta entra em contato com poeira, produtos químicos com cheiro muito forte ou se fica muito tempo em ambientes frios ou úmidos. O tratamento de ambas deve ser feito por um pneumologista.

Pneumonia – é considerada a mais grave entre as doenças comuns do frio, pois é uma infecção bacteriana no pulmão, que causa um comprometimento geral da saúde. Os sintomas mais comuns são febre alta, perda da vontade de se alimentar, uma forte tosse com secreção amarelada e dor no peito. Deve ser tratada imediatamente com antibióticos depois de feito o diagnóstico. A doença é mais comum em idosos, mas também pode acometer crianças, sendo mais grave em menores de um ano e em adultos acima dos 65 anos, fumantes e portadores de problemas cardíacos, renais e diabetes. Pode levar a internação e mesmo a morte se não tratada logo.



Drogaria São Bento, Cuidar de VOCÊ faz bem.

Exames da mulher: Cuidados com a saúde em cada época da vida feminina

É comprovado que as mulheres vivem mais do que os homens, porque se preocupam mais em cuidar da própria saúde. Aqui no Brasil, segundo o IBGE, elas vivem em média sete anos a mais do que eles.

Essa vantagem, é claro, depende de uma boa manutenção do organismo, com alimentação equilibrada, exercícios físicos e visitas periódicas ao médico para a realização de um check-up completo. O objetivo é prevenir doenças antes que elas apareçam, manter o corpo saudável e garantir uma boa qualidade de vida ao longo dos anos.

De acordo com o médico Joel Garcez, ginecologista do Hospital Santa Cruz, em Curitiba, os primeiros exames devem ser feitos a partir do início da vida sexual. “É importante começar desde cedo a vigilância sobre doenças como a infecção pelo vírus HPV, que está relacionado à incidência do câncer de colo de útero, e sobre o câncer de mama. Quanto mais cedo eles foram detectados, maior a chance de cura. Com o passar da idade, vão sendo feitos outros exames conforme a necessidade”, orienta.

Mas os exames femininos não se resumem apenas aos ginecológicos. “O check-up vai além deles. O ideal é consultar também um clínico geral ou um cardiologista para exames complementares como hemograma, glicemia, colesterol, triglicérides, ácido úrico e urina”, sublinha Edilson da Costa Ogeda, ginecologista do Hospital Samaritano, de São Paulo. Como cada pessoa tem um organismo diferente, é fundamental que o médico faça uma avaliação completa antes de pedir os exames.


“É necessário investigar com atenção alguns antecedentes pessoais e familiares, estilo de vida, hábitos alimentares, trabalho, tabagismo e obesidade. Portanto, o check-up deve ser uma ferramenta individualizada de prevenção de doenças”, ressalta o clínico geral Marcelo London, chefe do Setor de Emergência do Hospital Copa D’Or, no Rio de Janeiro. Segundo ele, além do câncer ginecológico, o check-up regular serve também como prevenção de doenças cardiovasculares e diabetes, que apresentam alta prevalência na população.


Casos especiais


Para quem não tem essas doenças na família, o check-up deve ser feito a cada seis meses ou a cada ano, dependendo da idade e dos resultados dos exames. Já quem tem histórico familiar de doenças como câncer, osteoporose e problemas cardiovasculares precisa fazer o check-up com mais freqüência, de acordo com a determinação do médico.

“Em mulheres sem histórico de câncer de mama, indica-se a mamografia a partir dos 35 anos. Já para as que tiveram parente direto (mãe) com a doença, é preciso começar aos 30 e repeti-la a cada ano”, diz o especialista do Copa D’Or.

Como a osteoporose é bastante comum em mulheres acima de 50 anos, o exame de densitometria óssea precisa ser feito a partir dos 40. “A freqüência da avaliação vai ser determinada pelos resultados de cada exame”, diz o Dr. Edilson. Já as mulheres com histórico familiar de infarto, angina, diabetes e hipertensão têm chances aumentadas de desenvolver essas doenças e necessitam de avaliações anuais. “Deve ser dada atenção especial nestes casos se a mulher for fumante”, completa.



Em cada fase, cuidados específicos

Nunca é tarde para transformar o check-up em um cuidado de saúde. Porém, quanto mais cedo ele for feito, maiores são as chances de mantê-la em dia. Veja os exames pedidos pelos médicos em cada faixa de idade:


Da primeira menstruação até os 30 anos

Mesmo que não tenha iniciado a vida sexual, mas já tenha menstruado, a mulher pertencente a essa faixa etária precisa ir ao ginecologista todo ano para fazer alguns exames de rotina. São eles:

Exame das mamas – para a detecção de nódulos mamários e prevenção do câncer de mama.

Papanicolau e exame pélvico – indicados para a prevenção do câncer do colo de útero.

Exames de sangue – para avaliação clínica dos níveis de glicose, colesterol e triglicerídeos, função renal e hormônios tireoideanos. Verificam doenças como diabetes, hipertensão, problemas cardíacos e da tireóide.

Periodicidade: anual


A partir dos 30 anos

Nessa fase, além de manter o check-up regular, a mulher deve ter cuidado especial com o sistema reprodutivo, pois aumentam as incidências de câncer de mama e de colo do útero. São repetidos os exames feitos na faixa dos 20 anos, mas novos testes são adicionados:

Mamografia – indicado após os 35 anos. Quem tem histórico familiar de câncer de mama deve começar aos 30.

Radiografia de tórax – indicada para pacientes fumantes.

Periodicidade: anual


A partir dos 40 anos

Começa a preocupação com a menopausa e com a osteoporose. Além dos exames indicados para os 20 e 30 anos, é preciso fazer:

Densitometria óssea – detecta a osteoporose. Precisa ser repetido anualmente se já houver algum grau de perda de massa óssea e a cada dois anos para aquelas com exame normal.

Testes de perfil hormonal – são indicados para mulheres que estão iniciando o climatério, irregularidade menstrual que antecede à menopausa.

Ecografia pélvica e transvaginal – avaliam os ovários e verificam a presença de cistos, endometriose, pólipos ou miomas.

Exame proctológico – nesta faixa de idade também se observa uma maior incidência de câncer de intestino, daí a necessidade de realização do exame, especialmente em quem tem histórico familiar da doença.

Periodicidade: anual (pode ser reduzida de acordo com os resultados ou sob orientação médica)


A partir dos 50 anos

Os cuidados precisam ser redobrados nessa faixa de idade. Além dos exames anteriormente citados, é preciso checar a presença de diabetes, hipertensão arterial e osteoporose, muito comuns a partir dos 50. O controle do peso passa a ser uma questão médica, para evitar complicações. Como prevenção, é preciso fazer:

Exames de sangue – verificam o colesterol completo e a glicemia para detectar o surgimento do diabetes (duas vezes por ano).

Exame de fundo de olho – avalia o grau de comprometimento das artérias e lesões provocadas pelo diabetes e pela hipertensão arterial.

Densitometria óssea – nessa faixa de idade, é bom procurar um reumatologista para fazer o acompanhamento da osteoporose. O exame precisa ser feito com mais freqüência.

Periodicidade: semestral ou anual (dependendo dos resultados e do estado de saúde)


Delas iG

segunda-feira, 30 de maio de 2011

O que comer antes e depois dos exercícios

Especialistas indicam opções para equilibrar o corpo e potencializar os resultados da malhação

Para que a malhação ou qualquer atividade física tenha um bom resultado, é importante saber combinar a atividade com uma dieta adequada.


Segundo Camila Gracia, nutricionista responsável pelo esporte check-up do Hospital do Coração (HCor), alimentar-se antes e depois dos exercícios ajuda a manter o organismo equilibrado e acelera o metabolismo, elevando a eficácia dos treinos.

A especialista explica que não há uma regra geral, a alimentação funciona para cada pessoa de uma forma diferente. A dieta, porém, precisa ser leve e balanceada.

Quem está buscando perder peso, deve tomar cuidado com o que come durante o dia e não pode esquecer de ingerir pelo menos uma fruta após a atividade física. Para aqueles que desejam aumentar a massa muscular, ela recomenda uma combinação de carboidratos e proteínas após os exercícios.

“Quem quer ganhar massa pode comer um pouco a mais de proteína, mas é preciso tomar cuidado com o que é ingerido ao longo do dia. A alimentação brasileira já tem muita proteína. Carboidrato é energia, precisamos comer antes do exercício, principalmente quanto é uma atividade de longa duração. É necessário repor o carboidrato, pra repor energia”, pondera Camila.

Na opinião do fisiologista e médico do Esporte da academina B-Active, Benjamin Apter, é fundamental comer algo leve e hidratar-se logo após o esporte para a recuperação inicial. "Uma refeição completa, café da manhã, almoço ou jantar pode ser realizada assim que a pessoa estiver se sentindo recuperada da exaustão", aconselha.

Para atletas profissionais, a recomendação, segundo Apter, é buscar um especialista que prepare um cardápio bem elaborado. Para outros esportistas que não competem profissionalmente, a avaliação nutricional também é importante, mas em linhas gerais uma alimentação balanceada em carboidratos, proteínas, frutas, verduras e com pouco doce e gordura é a regra básica.

Camila Gracia explica que a digestão da gordura é mais lenta e demanda energia e sangue do organismo. “O corpo precisa estar pronto para o esporte. Por isso que a alimentação leve, com fibras é recomendada. Não pesa e não tira o foco do exercício. O corpo vai trabalhar para potencializar a ação.”

A nutricionista também revela que o alimento ajuda na redução da fadiga, na preservação da massa muscular e recuperação do organismo como um todo, funciona como um complemento. “O que estimula é atividade física, a alimentação é um coadjuvante para o exercício. O que pedimos aos atletas é uma combinação de nutrientes – carboidrato e proteína.”

Para ilustrar as recomendações, a especialista sugere alguns exemplos de alimentação:

Antes do treino:

Alimento fonte de carboidrato: fruta, pão com geléia, bolacha salgada

Após o treino:

Alimento com proteína, vitamina: filé de frango, arroz integral e salada, queijo branco com pão integral, leite batido com fruta

Água: quanto mais, melhor

Beber água não tem contra-indicação, pelo contrario, é ótima para o organismo. A nutricionista do HCor alerta para os benefícios e a importância da hidratação constante.

“É fundamental chegar à academia hidratado e beber água ao longo do treino. Qualquer pessoa precisa de dois litros de líquido por dia pra repor a perda natural que temos através da urina, saliva, lágrima.”

Para quem tem dificuldade para beber água, Camila sugere colocar um pouco de limão no líquido. Também vale acrescentar hortelã ou apostar no chá gelado. Ela alerta, porém, que sucos devem ser evitados. “A água é o melhor hidratante, mas existem outras formas para quem reclama da falta de gosto. Suco não é uma boa opção por ser muito calórico.”

Os isotônicos são interessantes após a atividade física, por que são melhores absorvidos pelo organismo. Segundo Benjamin Apter, os líquidos isotônicos foram elaborados para suprir a necessidade de eletrólitos perdidos com o suor durante exercícios físicos intensos. "Funcionam muito bem, não há contra indicações, e nestes casos tem efeito reparador melhor que a água. Já para exercícios suaves, com duração inferior a uma hora, a água é suficiente para as pessoas com alimentação saudável e balanceada. A quantidade é a mesma de qualquer líquido, o suficiente para saciar a sede."

Bebidas geladas tendem a ser mais facilmente absorvidas pelo corpo humano. A tese, segundo Camila, faz sentido, mas é controversa. “Beber um liquido gelado é interessante porque o organismo absorve mais rápido as propriedades, mas não é obrigatoriedade. É melhor tomar qualquer líquido do que não ingerir nada.”

Saúde iG.


Drogaria São Bento. Cuidar de VOCÊ faz bem.

Promoção leve seu filho ao teatro









































Drogaria São Bento, Cuidar de VOCÊ faz bem.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Pele bem limpinha

Pelo sonho de conquistar a cútis perfeita, seguimos à risca todas as indicações de cuidados. Começamos o dia com a limpeza - lavamos o rosto com o sabonete indicado para nosso tipo de pele, complementamos com o adstringente, para retirar qualquer restinho dos nossos amados produtos noturnos, e finalizamos com o hidratante e o protetor solar. Além disso, pelo menos uma vez por semana, não abrimos mão da esfoliação, que pode ser feita com o DEEP CLEAN® Esfoliante, que remove as células mortas da superfície da pele, deixando-a mais macia e com aparência mais saudável. E não paramos por aqui.



À noite, depois de todo o ritual de higienização, usamos poderosos ácidos e medicamentos que prometem eliminar definitivamente os cravos. O problema é que, muitas vezes, mesmo com esse arsenal de tratamentos, alguns pontinhos pretos e algumas "bolinhas" brancas simplesmente não desaparecem. O que fazer? Ir para frente do espelho e espremer? Nada disso! O ideal é procurar um profissional para fazer uma limpeza de pele.


A importância da limpeza de pele


O sebo - composto de gordura, queratina e detritos celulares - produzido pelas glândulas sebáceas tem a função de proteger a pele dos agentes externos. Porém, em algumas pessoas, essa produção é muito acelerada e, mesmo realizando a limpeza de maneira adequada, o excesso acaba se acumulando nos poros, levando à formação dos indesejáveis cravos. E, para piorar, nosso rosto ainda recebe diariamente descargas de poluição, suor, maquiagem...


É exatamente aqui que entra a tão famosa limpeza de pele. Feita com cosméticos com poder de limpar, esfoliar, hidratar, nutrir, revitalizar, fortalecer e até regenerar, ela não só desobstrui os poros e ajuda no controle da oleosidade, contribuindo para a pele ficar bem longe das impurezas, como também oferece um momento de relaxamento. Outra vantagem é que ela prepara a face para receber qualquer tipo de tratamento dermatológico, potencializando os efeitos dos produtos.


Quanto à frequência, não há uma regra. Entretanto, como as peles oleosas e mistas costumam apresentar maior propensão a cravos, é recomendada uma limpeza a cada 30 dias. Depois que eles forem eliminados, as visitas podem ser semestrais.


O resultado final é um rosto com aparência limpa, fresca e saudável. Experimente!

J&J Brasil.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Gordura no fígado atinge 20% dos brasileiros

Um levantamento recente da SBH, Sociedade Brasileira de Hepatologia, revelou que cerca de 20% da população brasileira tem gordura excessiva no fígado.

O problema, conhecido como osteatose hepática, já é uma das principais causas de cirrose no país. De acordo com o gastroenterologista e presidente da SBH, a doença não apresenta sintomas. Ele explica que hábitos saudáveis podem prevenir o problema.

– É uma situação da atualidade. Nós temos hoje uma população cada vez mais sedentária, a população que ingere fast-food; a comida mais simples, mais rápida, mais calórica; ingere muito açúcar e não queima nada porque é uma população que trabalha na frente do computador. Inclusive as crianças. Portanto, sedentarismo, maus hábitos alimentares e carga genética determinam a evolução para essa doença.

O gastroenterologista afirma que, em alguns casos, só o transplante resolve. Ele alerta para o tratamento correto da doença.

– E tratando a osteatose hepática nós estaríamos tratando a síndrome metabólica e, portanto, reduzindo o risco de diabetes e doenças coronarianas no futuro. O tratamento é comportamental, inicialmente. É uma dieta rica em fibras, pobre em gorduras e açúcar. E a outra situação é a atividade física. Exercício físico é fundamental.

O médico explica que a gordura acumulada no fígado vem essencialmente da alimentação. Carne vermelha, salgadinhos, frituras e biscoitos recheados são alguns itens que devem ser evitados.


Drogaria São Bento, Cuidar de VOCÊ faz bem.

A uva vermelha e seus benefícios

A videira (vitis, da familia das vitáceas), trepadeira originária da região mediterrânea e do norte da Ásia, é cultivadaA videira (vitis, da familia das vitáceas), trepadeira originária da região mediterrânea e do norte da Ásia, é cultivada desde os tempos mais remotos.
Seus frutos – as uvas – constituem excelente alimento de delicioso paladar, sendo consumida fresca, seca (sob a forma de passas), ou em suco, além de ser usada no preparo de vinhos e bebidas alcoólicas (conhaque, licores). A maior parcela da produção mundial destina-se ao fabrico de vinhos.

Suas folhas e frutos contêm ácido tartárico, bitartarato de potássio, quercitina, tanino, amilo, ácido málico, inosita, açúcar e cremor tártaro.

Em estudos feitos na Universidade de Harvard nos Estados Unidos, descobriu-se que tomar meia taça de vinho tinto por dia, pode prevenir doenças do coração. Contudo não é o vinho tinto em si que faz bem, e, sim, os flavonoides (pigmentos encontrados na casca vermelha da uva vermelha).

Os flavonoides aumentam as taxas de colesterol bom, o HDL, e ajudam a inibir a produção de substancias responsável pelo enrijecimento das artérias.

Se tomarmos um copo de suco de uva vermelha, também teremos o mesmo benefício de meia taça de vinho, com a vantagem do suco não ser alcoólico. Recentemente, foi constatado mais um benefício dessa fruta: suas sementes contêm um composto – chamado polifenol – eficaz para manter a pele jovem. As sementes passaram a servir de matéria prima para cremes e loções. O uso tradicional e o recomendado pelas recentes descobertas científicas mostram a importância da uva para nossa vida diária.


Drogaria São Bento, Cuidar de VOCÊ faz bem.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Dormir após o almoço faz bem à saúde

 Cochilo após a refeição faz parte do ciclo normal de sonolência do ser humano



Principalmente na Espanha há uma prática comum para muitas pessoas após o almoço: a chamada sesta, que consiste em um cochilo. Na capital, Madri, é corriqueiro encontrar numerosas lojas fechadas no início da tarde em lugares movimentados, teoricamente em um momento de grande proveito comercial para os empresários. Mesmo assim, alguns lojistas preferem fechar seus estabelecimentos por um motivo muito simples: dormir.



O que parece estranho aos nossos olhos é uma prática saudável e que deveria ser seguida por todas as pessoas. Dormir após o almoço não é sinônimo de preguiça ou falta do que fazer, mas sim uma recomendação médica capaz de melhorar o desempenho nas atividades durante os períodos vespertino e noturno e, consequentemente, trazer mais saúde.

O especialista em sono e responsável pelo serviço de Medicina do Sono do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, Maurício Bagnato explica que a sesta não é um capricho, mas sim uma necessidade fisiológica. "O cochilo depois do almoço é muito bom para o corpo porque a temperatura abaixa após o sono. Ele precisa ter duração máxima de meia hora e dá uma boa restaurada. Isso faz parte do ser humano. O corpo pede esse descanso", afirma o especialista.

Algumas empresas já oferecem salas de descanso para que os funcionários possam tirar um cochilo após o almoço. Contudo, essa prática ainda é rara no meio empresarial brasileiro. No setor comercial, há o mesmo problema. Vendedores e balconistas precisariam descansar após a refeição para desempenhar melhor seus papéis, mas isso não acontece nem com os patrões, que, diferentemente de muitos colegas espanhóis, não tiram um momento para adaptar o corpo ao dia corrido e estressante.

Estudos mostram que os profissionais que têm um período de descanso depois do almoço, mesmo que não seja um sono profundo, possuem maior propensão a apresentar produtividade superior do que os demais companheiros que não investem tempo no descanso durante o expediente.

O otorrinolaringologista e diretor da Associação Brasileira do Sono, Michel Cahali, compartilha dessa opinião e acrescenta que o cochilo após o almoço faz parte do ciclo normal de sonolência do ser humano. Contudo, os homens, ao longo da história, passaram a dar cada vez menos importância a essa relevante característica fisiológica. "É algo muito positivo pelo ciclo de vigília e sono das pessoas. Após o almoço, a gente tem um pico de sonolência, e uma soneca de meia hora é reparadora", diz.

Deve-se prestar atenção, contudo, no exagero de sono no período vespertino. Em casos de indivíduos com tendência muito forte a sentir sonolência no trabalho ou em alunos, após a aula matutina, a principal causa é a ausência de sono suficiente durante a noite. Dormir mais de meia hora à tarde é um sintoma de que algo não vai bem no sono noturno.


http://msn.minhavida.com.br/co

Concurso Cultural: Coca-Cola Zero





Participem do Concurso Cultural Coca-Cola Zero no Twitter, siga @rede_saobento e participe respondendo "O impossível é possível com Coca-Cola Zero?" As 2 melhores respostas ganham um par de cortesias pra ver o César Polvilho!





 


quinta-feira, 19 de maio de 2011

Pés: como cuidar?


Você já esteve em uma situação em que precisou tirar os sapatos e não ficou contente com o estado dos seus pés? Pode ter sido um chulé ou aquele aspecto de pé ressecado que não te agradou. Imagino que vários já passaram por essa situação. 
Confira as dicas que preparamos abaixo.





Primeira coisa importante que é bacana você saber: os pés, assim como as axilas, possuem grande quantidade de glândulas sudoríparas. E as bactérias sabem disso! Aquele cheiro terrível é o resultado da decomposição do suor pelas bactérias ou pelos fungos. Assim, o lance para evitar e acabar com o chulé é focar em diminuir a umidade/suor dos seus pés, além de caprichar na higienização dos sapatos e pés (no intuito de afastar as bactérias).

Dicas

1) A velha dica de enxugar bem os pés após os banhos é realmente importante, afinal diminui a umidade e , assim, a chance das bactérias e fungos atuarem.


2) Para evitar a umidade funciona colocar talco nos sapatos antes da utilização. Melhor ainda se for específico para os pés, atuando como antibacteriano ou antitranspirante.


3) Se seu pé for do tipo ressecado, evite o talco. Opte por produtos desodorantes em creme ou em aerossol (spray).

4) Use meias de algodão sempre que possível. Lembre-se que meias sintéticas e escuras não são bacanas para a bromidrose.

5) Opte por sapatos de sola de couro, evite os calçados de borracha.

6) Nada de usar aquele tênis todo santo dia. Alterne seu sapato sempre que possível.
7) Após utilizar um sapato e perceber um certo odor, coloque o no sol. Isso diminuirá a umidade e também as bactérias presentes. Se o local for ventilado, melhor ainda.

Use





12 anos de Genérico

terça-feira, 17 de maio de 2011

Campanha Doe livros supera expectativas


Mais de três mil livros foram arrecadados e encaminhados a oito cidades beneficiadas onde a Drogaria São Bento atua nesta sexta-feira (13). A arrecadação foi resultado da Campanha Doe Livros realizada pela Rede durante o mês abril. O objetivo da ação é proporcionar ao maior número de pessoas o acesso ao livro e despertar a população a prática da doação.

Entre as doações estavam livros didáticos, apostilas, gibis, dicionários e revistas. As instituições beneficiadas foram: Associação dos moradores do conjunto habitacional das Moreninhas I e II e Nova Conquista em Campo Grande, Escola Pública Presidente Médici em Cuiabá, APAE de Dourados, Biblioteca Municipal de Naviraí, Escola Estadual F. Saldanha em Ponta Porã, CIAC em Corumbá, Secretaria Municipal de Sidrolândia e Biblioteca Municipal de Três Lagoas.

A primeira entrega dos livros foi para Associação dos moradores do conjunto habitacional das Moreninhas I e II e Nova Conquista em Campo Grande. A associação que oferece palestras, aulas de capoeira, karatê e fisioterapia para os moradores da região recebeu 2.126 livros, a maioria livros didáticos e gibis.

“Acho uma iniciativa interessante da Drogaria São Bento. É uma forma de incentivo á leitura e uma forma de complementar os estudos, além de dar um destino certo aos livros”, afirma o vice-presidente da associação José Jacinto.


Drogaria São Bento, Cuidar de VOCÊ faz bem.


sexta-feira, 13 de maio de 2011

Rede de Drogarias São Bento inaugura 76ª loja em São Gabriel

Foi inaugurada hoje (13), em São Gabriel do Oeste, mais uma drogaria da Rede São Bento. A abertura da 76ª filial da rede de farmácias foi celebrada com uma grande festa, que contou com música ao vivo, algodão doce e muitas ofertas.
Segundo Diego Berri (marketing), São Gabriel foi escolhida como sede da rede devido o grande potencial do município e a boa receptividade que as novas empresas encontram ao se instalar aqui.

“Achei muito bom ter vindo a Drogaria São Bento para cá. Com mais uma farmácia em São Gabriel aumentará a concorrência, o que trará preços melhores para a população”, falou o primeiro cliente a efetuar uma compra, Sr. Nadir Jacomini.

Danúbio Maciel, representante da linha L’Oreal, também aprovou a inauguração da nova farmácia. Segundo ele, isso prova a expansão que a Drogaria São Bento vem efetuando, chegando a cidades que não possuíam farmácias da rede.

“Eu já era cliente da Drogaria São Bento lá em Campo Grande, agora podendo contar com uma aqui na cidade ficou melhor ainda”, ressaltou a consumidora Leoni.

Contando com nove funcionários – todos residentes do município, a Drogaria São Bento traz inúmeras variedades de produtos e trabalha com atendimento diferenciado, garantindo melhores preços e mais conforto aos seus clientes.Localizada na Rua Paraná, 1.578, centro da cidade, a São Bento atenderá de segunda à sábado das 7h às 22h e nos domingos e feriados das 8 às 20h.
Durante todo o dia de hoje, clientes que efetuarem compras a cima de R$20 participarão da promoção “estoure e ganhe”.

Outra vantagem da rede é o cartão São Bento, disponível para todas as pessoas e empresas que quiserem aproveitar as vantagens de ser conveniado São Bento.

Confira e aproveite as promoções de inauguração.

 
Veja Folha

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Alimentos ajudam a saciar o apetite e emagrecer


Chá verde: a bebida contém catechinas, substância que estimula o corpo a queimar mais calorias. Beber de três a seis xícaras por dia aumenta a queima calórica em 40%, segundo artigo do American Journal of Clinical Nutrition . O chá também tem antioxidantes que controlam o hormônio leptina, responsável pelo controle da fome.




Canela: um estudo escandinavo publicado no periódico médico American Journal of Clinical Nutrition descobriu que consumir 3g de canela por dia reduz a insulina após as refeições. Como este hormônio transforma o excesso de açúcar em gordura, menos insulina significa menos quilos. O consumo da canela logo após as refeições é ainda mais efetivo


Algas: cientistas dinamarqueses descobriram que adicionar fibras de algas nos líquidos reduz a fome em 30%, porque ela se transforma em um gel que preenche o estômago, reduzindo a vontade de comer.

 
Limão: contém pectina, uma fibra solúvel que retarda a digestão e reduz a absorção de açúcar após as refeições, evitando os picos de glicose que levam a "beliscar" ao longo do dia. A vitamina C também ajuda a produzir carnitina, um aminoácido que estimula a queima de gordura.




Alho: a alicina, composto que dá cheiro ao alho, ajuda o sistema nervoso central a entender que o corpo está saciado, reduzindo a fome, e estimulando hormônios como a adrenalina que acelera o metabolismo, segundo estudos realizados em Israel.
.

 
Água: pesquisas realizadas em 2010 concluíram que consumir água após as refeições ajuda a emagrecer. Voluntários que consumiram o líquido após cada refeição perderam 2 kg em 12 semanas simplesmente porque se sentiram mais satisfeitos.



O shake Lipomax tem como objetivo atuar como substituto de refeições oferecendo todos os nutrientes necessários, porém com menos calorias age de forma direta nas gorduras, ideal para quem deseja emagrecer e também para quem deseja manter a forma combinado de um delicioso sabor.

 

Maçãs: além de ser rica em fibras, que dão a sensação de saciedade, quando digeridas, as maçãs produzem o hormônio GLP-1, que "diz" ao cérebro que estamos satisfeitos. Estudos mostraram que pessoas que comem maçã após as refeições ingerem 15% menos calorias que aquelas que não têm este hábito.




Ovos: um artigo do Journal of the American College of Nutrition sugeriu que começar o dia ingerindo ovos resulta no consumo de menos calorias ao longo das próximas 36 horas, por causa de suas ricas proteínas.


Pimenta: a capsaicina, substância que dá picância à pimenta, é capaz de saciar o apetite em quem raramente consome o tempero. Para conseguir o efeito, polvilhe ½ colher (chá) de pimenta por refeição.



Preto e Prata

O duo de sombras da Vult possui partículas ultrafinas que aderem melhor à pele acentuando sua beleza realçando o olhar com prolongada duração. Sombra duo é elegância e charme em dobro.

Drogaria São Bento realiza comemoração especial de Dia das Mães em parceria com a escola Ceape

No último sábado (7 de maio) na Drogaria São Bento da Rua Ceará nº 2.480 foi realizado um evento especial de dia das mães em parceria com a escola Ceape. O evento que inicou às 7:30 contou com a presença de todas as mães dos alunos da escola em uma manhã com animada com apresentações das crianças e da banda Shekinah, homenagem as professoras, caminhada na praça em frente a filial, alongamento e coffe break.










                                                    
Drogaria São Bento, Cuidar de VOCÊ faz bem.

terça-feira, 10 de maio de 2011

Drogaria São Bento inaugura sua 75º loja em Rondonópolis

Emagreça de forma saudável com Lipomax

Atualmente, seja por motivação estética ou pela melhoria da saúde, é cada vez maior o número de pessoas que buscam emagrecer. Aquelas que não necessitam perder peso também se interessam pelo assunto, porque tem algum parente próximo com o problema. Lipomax esta ciente destes fatos, apoiando os esforços para alterar e auxiliar em todos os comportamentos e hábitos que visam melhorias relativas à saúde, perder peso não é só um motivo estético mais de saúde também.


Lipomax Shake Diet é indicado para pessoas que necessitam de ajuda para reduzir ou manter o peso através e uma dieta saudável e balanceada.O shake Lipomax tem como objetivo atuar como substituto de refeições oferecendo todos os nutrientes necessários, porém com menos calorias age de forma direta nas gorduras, ideal para quem deseja emagrecer e também para quem deseja manter a forma combinado de um delicioso sabor.

 



Benefícios

• Excelente sabor e consistência;

Dieta saudável de baixa caloria;

Nutritivo – contém vitaminas e minerais, além de proteínas e fibras;

Simples de fazer e delicioso sabor
• 0% de gordura trans;

Pode substituir até duas refeições diárias;

As fibras ajudam a regular o fluxo intestinal;

Contém leite desnatado;

Pronto para uso – basta adicionar água;

• Possui colágeno que ajuda a manter a firmeza da pele.



Lipomax também possui um portal exclusivo com muitas dicas,  sugestões de dietas, cáculo de IMC e muito mais. Confira,  acesse aqui 



segunda-feira, 9 de maio de 2011

Festival da Tintura

quinta-feira, 5 de maio de 2011

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Homens também devem ter cuidado especial com os cabelos. Veja algumas dicas!

O cabelo do homem é mais oleoso por natureza?

Não, a oleosidade é ocasionada pela quantidade e atividade da glândula sebácea que está presente no complexo do folículo piloso. Por esse motivo é que a região do couro cabeludo, onde está presente a maioria dos folículos, é a área mais oleosa do corpo.


De quanto em quanto tempo deve-se lavar o cabelo? Cabelos oleosos devem ser lavados todos os dias?

Na verdade, o ato de higienizar o couro cabeludo deve ser feito de maneira ideal com intervalo de um dia. Porém, é muito difícil os homens que apresentam o cabelo curto terem paciência de esperar, por esse motivo que é lavado todos os dias. Mas o melhor seria lavar os cabelos em dias intercalados.


Qual a diferença entre xampus criados especificamente para homens em relação a outros xampus?

Não existe uma diferença clássica entre os xampus criados exclusivamente para a população masculina. O que difere entre os tipos é o tipo de essência ou o aspecto comercial. Porque o xampu tem a finalidade de apenas higienizar os cabelos, não apresenta ação, por exemplo, na queda de cabelo.


Há homens que usam sabonete para lavar os cabelos. Esse hábito é ruim?

Não é a melhor maneira para fazer a higiene dos cabelos, pois o xampu apresenta características que não agridem o fio do cabelo; já o sabonete não contém essas especificidades e pode com o tempo causar quebra no fio do cabelo.


O homem precisa utilizar o condicionador?

O condicionador é usado para trocar a carga elétrica do fio de cabelo e evitar que ele fique com aspecto de ressecado e quebradiço. Mas deve ser usado em pouca quantidade e apenas nas pontas do cabelo.


Por que alguns homens possuem cabelos grisalhos um pouco amarelados?

Isso acontece porque o cabelo fica grisalho por ter perdido a melanina que dá o pigmento e a coloração do cabelo e ainda protege os fios da queimadura solar, então o cabelo branco tem essa facilidade de queimar e ficar com o aspecto amarelado. Existem xampus usados para retirar essa pigmentação amarelada e ainda protetor solar para os fios.

Lenço, boné e chapéu podem causar a queda de cabelo?

Esses acessórios, se usados diariamente e por longo período de tempo, podem piorar a queda de cabelo por impedir a chegada da radiação solar, que é essencial para o crescimento dos fios. Então o ato de usar chapéus ou bonés deve ser evitado em caso de excesso.


Usar pomadas, ceras e géis de cabelo pode causar algum dano ao cabelo?

Não, todos os produtos e químicas usados topicamente no fio do cabelo não causam queda de cabelo. Se forem usados em excesso e de maneira errada, levam à quebra do fio ou opacidade.

Uol


Drogaria São Bento, Cuidar de VOCÊ faz bem.

6 razões para tomar anticoncepcional

O contraceptivo oral não só evita a gravidez indesejada como diminui os riscos de vários problemas, que vão de acne a cisto no ovário
Anticoncepcionais orais ajudam a prevenir uma série de males



Ao longo dos últimos 50 anos, a pílula anticoncepcional evoluiu da maneira que as mulheres sempre sonharam: manteve o principal benefício (99% de garantia contra gravidez não desejada) e reduziu seus efeitos colaterais.

E tem mais: segundo Afonso Nazário, chefe do Departamento de Ginecologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), hoje, os anticoncepcionais orais também ajudam a prevenir uma série de males, que vão desde espinhas no rosto a cistos no ovário. Isso porque atualmente elas têm dose hormonal dez vezes menor!

Já é possível também encontrar versões que combatem a tensão pré-menstrual e - viva! - diminuem o inchaço. Tudo isso sem alterar a libido. Bons motivos para comemorar, né?

O que mudou?

Os anticoncepcionais são produzidos, em sua maioria, com os hormônios estrogênio e progesterona sintéticos. O que muda entre as pílulas é a dosagem deles. Como cada uma recebe um nome comercial, muitas vezes, você encontra diferentes nomenclaturas para o mesmo princípio ativo.

Fora isso, os benefícios gerados pelas misturas hormonais mudam conforme a pessoa. Assim, antes de passar em uma farmácia, converse com seu ginecologista, para que ele avalie qual é a melhor pílula para você e indique como ela deve ser tomada.

1. Ameniza os sintomas da TPM

Pesquisas da Universidade Estadual de Campinas e do Centro de Pesquisa em Saúde Reprodutiva de Campinas revelam que 80% das mulheres sofrem ou já sofreram com a TPM. Pílulas com drospirenona ou anticoncepcionais de uso prolongado (aqueles que podem ser usados sem pausa para menstruar) são boas opções, já que possuem efeito diurético, evitando inchaço e dores no seio e ainda reduzem a irritação, a ansiedade, a melancolia e o nervosismo típicos desse período.

2. Combate a síndrome do ovário policístico

Frequente em mulheres em idade reprodutiva, a síndrome do ovário policístico (SOP) é um distúrbio que se manifesta de diversas formas, com irregularidade menstrual, acne, oleosidade excessiva da pele ou aparecimento de pelos grossos nas costas, glúteos e rosto. Anticoncepcionais com ciproterona em sua fórmula costumam ser os mais recomendados para esses casos.

3. Melhora pele e cabelo oleosos

Após três meses de uso, a maioria das pílulas melhora o aspecto da pele e do cabelo. Isso por causa de três tipos de hormônios sintéticos, de nomes difíceis, mas com benefícios certeiros: gestodeno, drospirenona e ciproterona. Eles regulam a oleosidade da pele e reduzem o surgimento de cravos e espinhas. Não bastasse isso, ainda têm efeito na textura do cabelo, tornando os fios sedosos.

4. Evita o inchaço e a retenção de líquidos

Contraceptivos que contêm uma substância chamada drospirenona podem combater duas das principais reclamações femininas: a retenção de líquidos e o inchaço, que se agravam principalmente durante a tensão pré-menstrual. Esse hormônio sintético faz com que o líquido não fique preso no organismo e o corpo não inche como de costume. Dessa forma, você se sente mais magrinha e nota até que a celulite fica mais discreta.

5. Diminui crises de dor de cabeça

Sentir o incômodo no período de adaptação à pílula, durante os primeiros três meses, é normal. Após esse tempo, se você estiver tomando o remédio certo, já poderá sentir um alívio nas dores de cabeça. Anote aí: os contraceptivos sem estrogênio, apenas com os hormônios progesterona levonorgestrel ou noretisterona, são os mais indicados. Mas, atenção: caso você já sofra de dores fortes e constantes na cabeça ou tenha diagnóstico de enxaqueca, procure um neurologista, pois nenhum contraceptivo oral fará milagre nesse caso.

6. Controla os vasinhos

Se suas pernas denunciam que você tem tendência ao problema ou se sua mãe já sofre com varizes e vasinhos nas pernas, o melhor é optar por um contraceptivo à base de um hormônio que interfira o mínimo possível no sistema vascular, caso das pílulas com levonorgestrel. Peça uma amostra grátis a seu ginecologista e teste.


MdeMulher

terça-feira, 3 de maio de 2011

07 de Maio - Dia Nacional de Prevenção à Alergia

 Você é alérgico? Procure um Especialista


O que é ASMA?

É uma doença inflamátória crônica dos pulmões (brônquios e bronquíolos), na grande maioria das vezes, de causa alérgica. Afeta cerca de 10% da população. Os sintomas são tosse, crises de falta de ar, respiração curta, chiado no peito e falta de fôlego.
As pessoas com asma não controlada podem ter prejuízos físicos e psicológicos, como limitações para atividades esportivas e sociais, menor rendimento escolar e no trabalho, distúrbios de sono, insegurança e medo da próxima crise que, em casos agudos, pode levar à morte!

ASMA X RINITE ALÉRGICA

A rinite alérgica compromete de 30% da população. Cerca de 80% das pessoas asmáticas também sofrem de rinite, que, se não for tratada adequadamente, pode agravar as crises de asma.
Os sintomas da rinite são: entupimento nasal, coriza, espirros e coceira, que aparecem com frequência no nariz, garganta e olhos.
A rinite também pode levar a complicações como oites, sinusites, roncos, respiração bucal e alterações na posição dos dentes, e por isso é muito importante que, quando houver a necessidade de tratamento dentário, seja investigada e tratada a rinite alérgica.

ALERGIA X FATORES GENÉTICOS

Tanto a asma quanto a rinite alérgica são de caráter hereditário, ou seja, passam dos pais para os filhos. Assim, uma criança com família alérgica apresenta maior probabilidade de ser alérgica (os índices chegam a 80%).

FATORES DESENCADEANTES DAS PRINCIPAIS ALERGIAS

* Alérgenos como poeira, ácaro, mofo, pólens, pelos de animais e baratas.

* Irritantes: poluição, fumaça de cigarro, produtos com cheiro forte ( desinfetantes e perfumes).

* Infecções: gripe, resfriados, sinusite e pneumunias.

* Medicamentos (como ácido acetilsalisílico) e alimentos (como ovos, leite, amendoim, etc).

* Mudanças de temperatura e poluição.

ATENÇÃO COM OS ÁCAROS

São os principais causadores de alergia respiratória. Invisíveis a olho nu, estão em grande quantidade pela casa, principalmente nos colchões, travesseiros, tapetes, carpetes, almofadas, bicos de pelúcia. Num colção, existem até 2 milhões de ácaros vivos!
É fundamental conhecer as causas da alergia em cada pessoa, para evitar o contato com o agente causador. Por isso, é preciso fazer o tratameno correto, que pode ser indicado com facilidade pelo médico especialista, por meio de testes para alergia.

DICAS PARA CASA DO ALÉRGICO

* Mantenha a casa bem ventilada e limpa; utilize pano úmido e guarde roupas e objetos dentro dos armários, tornando a limpeza mais fácil e rápida.

* Evite estofados, cortinasm carpetes, bichos de pelúcia e cobertores de lã. Prefira edredons.

* Não utilize produtos com cheiro forte, como removedores, lustra-móvel, desinfetantes e inseticidas, assim como perfume e spray.

* Evite animais de pelos ou penas dentro de casa. Se isso nõ for possível, lave o animal uma vez por semana.

* Não fume e não permita que fumem dentro da casa.

* Combata a umidade excessiva  focos de mofo.

* É importante a prática de esporte e ter uma vida normal.

ALERGIAS DE PELE
Elas podem ser de vários tipos

1. Urticárias: caracteriza-se por "vergões" em diferentes partes do corpo, com coceira e vermelhidões. Pode ter diversas causas, como alimentos, aditivos, medicamentos ou alterações físicas (calor, frio, suor).
2. Dermatite atópica: é uma inflamação da pele, de fundo alérgico, que parece mais frequentemente na infância, efetuando, principalmente, coceira intensa, irritação da pele, eczemas e descamação.
3. Dermatite de contato: causada pelo contato de substâncias que provocam alergia diretamente na pele, como metais, cosméticos, esmaltes, etc
4. Alergia à picada de insetos: pode se manifestar como "caroços" vermelhos que coçam até o inchaço em algumas partes do corpo (olhos, boca e orelhas).


Alergia e Asma.
Viver bem é mais simples do que você imagina
Essas são algumas dicas que a ASBAI-MS preparou especialmente para VOCÊ viver melhor


Drogaria São Bento, Cuidar de VOCÊ faz bem.
Follow @rede_saobento